(31) 3653-5676 / contato@buffetcarrossel.com.br

    • (31) 99856-7757

Lista de convidados para festa infantil

Por:Buffet Carrossel
Família | infância

12

Mar 2019

Com popularização das redes sociais tornou-se comum o compartilhamento de listas com critérios para inclusão na lista de aniversário dos filhos. Há até mesmo memes, alguns engraçados, outros nem tanto, se referindo a esse “problema”.

Esse é, provavelmente, o item mais delicado da organização de uma festa, seja ela qual for. Quando se trata de festa infantil, há alguns detalhes que precisam ser notados, e que inclusive, podem te ajudar a organizar melhor a lista. A gente te conta todos eles aqui!

Estabelecendo critérios

Há diversas formas de se organizar uma lista de convidados para festa infantil. Tudo depende das prioridades e da cultura da família que vai festejar. Na internet encontramos os mais variados critérios. Abaixo listamos alguns critérios de exclusão para exemplificar:

  • Quem não foi ao chá de bebê ou chá de fralda;
  • Quem não visitou, não ligou ou não se interessou durante toda a gestação e após o nascimento;
  • Quem foi convidado e não compareceu em festas anteriores;
  • Quem não convidou para a sua festa;
  • Quem não tem crianças.
  • Apenas família
  • Apenas colegas da escola

Todos esses são critérios válidos, mas não resolvem todas as questões envolvidas em uma festa infantil, não é mesmo? Vamos aprofundar mais nisso no passo a passo abaixo.

Lista de convidados passo a passo

  1. Defina o orçamento e o local

A definição do orçamento e do local são essenciais para que você possa estabelecer o número de pessoas que poderá convidar. Se o local tem capacidade para 50 convidados, mesmo com orçamento ilimitado você precisará se ater a esse número. Não adianta também ter um espaço grande se o orçamento é pequeno.

Definidos esses dois itens, bora pensar sobre a lista de convidados.

 

  1. Divida os convidados em listas diferentes

Para não correr o risco de esquecer ninguém, divida os convidados em listas diferentes, como por exemplo: família do pai, da mãe, colegas de escola, do ballet, do judô, da igreja, etc. Faça a lista completa, para depois ir cortando de acordo com suas prioridades e com o tamanho do seu evento.

Lembre-se de perguntar para a criança se ela gostaria de convidar alguém em especial. Com 4 anos algumas crianças já conseguem expressar preferências e é possível que se essa pessoa não for convidada, seu filho fique triste. Vale a pena abrir espaço para a criança, afinal a festa é para ela.

  1. Considere convidados extra

Aqui você precisa pensar bem a respeito da cultura da sua cidade e da sua família. Há lugares onde é comum enviar crianças apenas com suas babás, ou até mesmo sozinhas, a partir de uma determinada idade ou horário (em horários nos quais os pais estão trabalhando, por exemplo).

Há aqueles que não tem filhos, mas que tem por hábito levar um sobrinho ou priminho em festas infantis para as quais são convidados. Há ainda aquele primo ou aquela amiga que está namorando e você não sabe.

Cada família e região tem seus próprios hábitos que precisam ser levados em conta na elaboração da lista.

  1. Coloque informações específicas no convite

Para ajudar com o item 3, não há problema algum em você direcionar o convite para quem você deseja que esteja na festa. Apesar da máxima “convidado não convida” ser exaustivamente compartilhada, sabemos que infelizmente ainda é comum pessoas levarem “penetras”.

Há formas delicadas de ressaltar quem são os convidados esperados. Você pode escrever o cabeçalho do convite assim:

Nome do convidado 1 (ex. pai), Nome do convidado 2 (ex. mãe), nome do filho(a),

Vocês estão convidados para…

Ou ainda: Nome do convidado 1, seu acompanhante (no caso de você não saber o nome), nome da criança,

Vocês estão convidados para…

Dessa forma você explicita de forma delicada para quantas pessoas é aquele convite. Inclua ainda o horário de início e de fim do evento, deixando o lembrete de que quanto mais pontuais eles forem, mais aproveitarão a festa!

 

Que comecem os cortes!

  1. Agora é hora de selecionar os convidados.

Você já conhece seu orçamento, já definiu o local da festa e sabe quantas pessoas poderá convidar. Agora é hora de pegar as listas feitas no item 2 e selecionar as pessoas a serem convidadas.

Aqui é importante você definir seus próprios critérios de exclusão. Citamos alguns que costumam ser utilizados, porém você poderá fazer suas escolhas de acordo com as crenças da sua família.

Se você estiver planejando uma festa maior, ou em um buffet infantil ou em um salão de festas, por exemplo, elaborar a lista final excluindo pessoas da lista principal pode ser a melhor solução, já que o número de convidados nesses casos costuma ser igual ou maior que 50 pessoas.

Mas se você estiver fazendo uma festa mais íntima, recebendo pessoas na sua própria casa, é mais fácil você elaborar uma nova lista, tomando como base as listas do item 2. Você poderá avaliar o nome de todas as pessoas próximas a você e selecionar os nomes que vai convidar para a festa.

  1. Confirme presença

Separe um tempo na sua agenda para realizar esse item com cuidado, pois ele pode te ajudar a se preparar melhor para receber seus convidados. Uma boa forma de fazer isso é mandar uma simpática mensagem pelo Whatsapp, por exemplo:

Olá, (Nome do Convidado), tudo bem?

Gostaria de saber se posso confirmar sua presença, juntamente com (Nome das pessoas para as quais o convite foi endereçado) no aniversário de (Nome da Criança).

Essa confirmação é muito importante para possamos recebe-los bem!

Vocês estarão presentes?

A partir daí, vá anotando em sua lista quem confirmou, quem ainda não sabe se irá e quem ainda não respondeu. Para os dois últimos grupos vale a pena enviar outra mensagem na semana do evento.

Pós festa: como lidar

Você seguiu todo o passo a passo, mas mesmo assim está incomodada, e até mesmo angustiada, pensando na reação daqueles que não estão na sua lista?

Para que você possa lidar bem com a reação das pessoas, é preciso que você esteja bem resolvida com os próprios sentimentos. E aqui não estamos falando sobre dar respostas prontas, muitas vezes rudes, que machucam ainda mais as relações. Falamos sobre lidar com o sentimento das pessoas de forma respeitosa, assim como você deseja que elas lidem com os seus.

Sua prima ficou chateada por não ser convidada? A mãe da coleguinha de escola ficou triste por não ver sua filha nas fotos da festa no Instagram? Por mais que você acredite que não se chatearia se estivesse na mesma situação que elas, se você preza por manter boas relações, o ponto de referência não pode ser seus sentimentos e valores, mas os da outra pessoa.

Então, ao invés de compartilhar indiretas em redes sociais, ou dar uma resposta atravessada quando você se encontrar com elas, seja empática. Lembre-se que a ausência de convite a machucou porque, de alguma forma, ela pensou merecer recebê-lo.

Vendo sob esse prisma, com compaixão e amor, peça desculpas a essa pessoa por não tê-la convidado e esclareça que foi muito difícil estabelecer critérios para a lista, pois havia restrição do número de convidados. Diga ainda que ela e várias outras pessoas muito queridas não puderam ser convidadas por esse motivo.

Seja sincera ao dizer isso e demonstre que você também queria que essa pessoa estivesse lá. Essa é a melhor forma de lidar com o pós festa e preservar as relações!

 

Agora que te contamos tudo, temos um convite para você!

Temos certeza de o nosso espaço, a nossa equipe e os nossos valores vão proporcionar a você uma experiência memorável. Vem bater um papo com a gente!

Carrossel Buffet infantil BH

Acompanhe-nos no Facebook e no Instagram


Compartilhe:

Rua Timbiras 2772 – Santo Agostinho – Belo Horizonte – MG

(31) 3653-5676

contato@buffetcarrossel.com.br

Seg a Sex de 9hrs à 18hrs
Sábados de 08hrs à 13hrs (com agendamento)
Após o horário comercial com hora marcada